sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Adolescente dá luz em quintal durante chuva e criança fica no chão até chegada do Samu

Criança recebeu os primeiros atendimentos na ambulância (Foto: Samu Santarém/Arquivo Pessoal)

Equipe acredita que criança tenha de seis a sete meses. Fato aconteceu na madrugada desta sexta-feira (2) no bairro Vigia. Mãe e filha estão no hospital municipal. 

Uma adolescente de 14 anos entrou em trabalho de parto na madrugada desta sexta-feira (2) no bairro Vigia, em Santarém, no oeste do Pará, e teve o bebê no fundo quintal da casa de sua avó, durante a chuva. Segundo a equipe médica que atendeu a ocorrência, o parto foi prematuro e a criança ainda estava ligada à placenta, com ferimentos pelo corpo.
O enfermeiro Itamar Aguiar contou ao G1 que por volta de 1h recebeu o chamado de uma pessoa que não queria se identificar. “Só deram o endereço porque estavam com medo e falaram que havia uma parturiente no local. Mas quando chegamos ao local percebemos que ela já tinha dado à luz a criança”, contou.
Conforme Itamar, o trabalho de parto foi feito apenas pela adolescente, que colocou o bebê embrulhado em um pano junto com a placenta. A criança estava com terra em todo o corpo e com lesões na perna esquerda e cabeça.
Ao avaliar a recém-nascida, o enfermeiro constatou que ela tinha entre seis a sete meses e pesava 1,7 kg, mas estava com cianose (coloração roxo-azulada na pele) nas extremidades dos membros. A mãe estava estável.
“Não passava pela minha cabeça que elas estariam nessa situação. Eu saí com a equipe em busca de uma parturiente que iria parir, eu ia socorrer ou até mesmo fazer o parto na casa dela ou iria levar ao hospital”, disse.
As duas foram encaminhadas ao Pronto Socorro Municipal para que passagem por avaliação médica. De acordo com o Samu, a criança está na incubadora e recebe hidratação venosa.
O enfermeiro Itamar, o motorista Sebastião e o técnico de enfermagem Pedro atenderam a ocorrência (Foto: Itamar Aguiar/Divulgação) 
(Foto: Itamar Aguiar/Divulgação) 
O enfermeiro Itamar, o motorista Sebastião e o técnico de enfermagem Pedro atenderam a ocorrência

Por telefone, o conselheiro Mayke Miranda, do Conselho Tutelar 1, informou ao G1 que o caso não chegou ao conhecimento do órgão e que, por este motivo, não podem dar prosseguimento às medidas necessárias.
Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informou que a adolescente deu entrada no setor de obstetrícia do Hospital Municipal (HMS), foi atendida pela equipe e permanece internada no HMS. A paciente está recebendo todos os cuidados necessários e o quadro clínico é estável. O recém-nascido está internado no berçário do Hospital Municipal em observação.
A Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras) informou que, nesse caso, como não houve uma denúncia junto ao Conselho Tutelar, o Hospital Municipal deverá acionar o órgão para que sejam tomadas as devidas providências que o caso necessitar.

Outros partos

O enfermeiro é conhecido na região por fazer partos inusitados ou em locais de díficil acesso. Em maio de 2017, Itamar foi enviado com uma equipe do Samu à comunidade São Pedro, no Rio Arapiuns, onde realizou o parto de uma jovem. O procedimento foi feito em uma maca do posto de saúde da comunidade, que fica distante aproximadamente 9h de barco da zona urbana de Santarém. A mãe do bebê ficou tão agradecida que deu ao filho o nome do enfermeiro.
No mês de junho do ano passado, o enfermeiro fez outro parto ao atender um chamado de um barco que seguia para Santarém trazendo uma grávida preste a dá à luz. A ambulancha (embarcação usada para socorrer pacientes na várzea) encontrou o barco na metade do caminho no Rio Arapiuns e fez o procedimento.
O terceiro parto aconteceu na terça-feira em outubro na comunidade Ilha São Miguel. Devido a vazante dos rios, em algumas comunidades as embarcações não chegam mais. Por isso, o enfermeiro precisou seguir andando até descer na comunidade Costa do Aritapera, de onde caminhou até chegar a um local onde o canal permite a navegação. O parto foi feito na própria casa da mãe do bebê. 

Por Geovane Brito, G1 Santarém, Pará  

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Idoso de 64 anos é preso em flagrante por venda de drogas em Novo Progresso

 Um homem de 64 anos foi preso em flagrante na manhã desta sexta-feira (19) por tráfico de drogas em Novo Progresso, em via publica. ...