sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Aldo nega ter caído na provocação de McGregor e diz não se arrepender de postura na luta 

José Aldo durante coletiva de imprensa
José Aldo perdeu a disputa pelo cinturão para Connor McGregor. Após ter sido nocauteado em apenas 13 segundos no UFC 194, em dezembro, o brasileiro disse que não se arrepende da sua postura na luta e que não caiu nas provocações do irlandês.
"Todos disseram que eu corri, que eu estava muito apressado quando eu decidi ataca-lo. Mas eu já venci em sete segundos antes, como eu corri agora? Eu fui fazer algo tradicional em uma luta entre um destro e um canhoto. Eu joguei uma mão no peito dele e um cruzado em cima", declarou Aldo em entrevista ao site MMA Fighting.
O brasileiro esteve invicto por dez anos antes de perder o cinturão da categoria pena.
"Ele tinha feito dois ataques antes, e eu fui para um ataque normal. Ele teve o mérito de conseguir um bom soco, mas eu não acelerei nada ou estava nervoso. Todos disseram que eu estava muito nervoso. Nervoso pelo o que? Estou sempre bem lá. Eu vou lá para fazer o que treinei. Eu treinei aquilo. Eu joguei uma mão no peito dele e então um cruzado. Eu pensei quanto a um chute mais cedo, mas eu pensei: ‘não, ele preparou algo para o chute, com certeza.' Eu fiz uma sequência de boxe, o que é normal para aqueles que entendem de luta. Ele soube se livrar e conectar um bom soco, que finalizou a luta", afirmou. Fonte: jhonny pirateiro

Dana White responde Zé Aldo e minimiza chances de revanche 

José Aldp e Conor lutam pela unificação do cinturão dos penas - Diego Ribas 

Dana White rompeu o silêncio e respondeu o pedido público de Zé Aldo por uma revanche imediata, ao menos para ele, contra Conor McGegor. E, em tom desanimador, o presidente do UFC deu de ombros ao apelo do brasileiro, que declarou que só volta ao octógono para enfrentar o irlandês e/ou disputar um cinturão.
Em conversa com o programa de radio Opie & Jim Norton, o cartola declarou que o ambiente não é favorável para que o duelo entre o brasileiro e o atual campeão dos pesos-penas (66 kg) seja reeditado.
"É uma dessas coisas. Nós fizemos a luta na primeira vez e ele se machucou e se retirou. Então, fizemos ela de novo e acabou em 13 segundos. É duro fazer essa luta logo agora. E mais, o Conor quer ser campeão em duas categorias, então ele quer lutar com o Dos Anjos", afirmou em claro banho de água fria na torcida brasileira.
Depois de perder para McGregor em dezembro passado, Aldo permaneceu em silêncio e quando se manifestou, exigiu que seu retorno ao octógono fosse diante do algoz ou por uma disputa de cinturão. Discurso este que, de acordo com Dana White, esbarra justamente no hype criado sobre 'The Notorius'.
"O problema é que todo mundo desde os moscas até os pesos-pesados estão dizendo agora que eles querem lutar contra o McGregor. Ele é a luta que vale dinheiro", finalizou.
fonte :jhonny pirateiro

 


Lula e Marisa.


Promotoria intima Lula e Marisa para depor como investigados

O promotor de Justiça Cássio Conserino, do Ministério Público de São Paulo, intimou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a mulher Marisa Letícia e o empreiteiro José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, ligado à OAS, para prestarem depoimento no dia 17 de fevereiro, a partir das 11h, sobre o tríplex do Condomínio Solaris, no Guarujá. Segundo o promotor, o ex-presidente e Marisa vão depor como investigados. A Promotoria suspeita que imóvel pertença a Lula.
Também foi intimado o engenheiro da OAS, Igor Pontes, engenheiro da OAS.
Conserino diz ter indícios de que houve tentativa de esconder a identidade do verdadeiro dono do tríplex 164 A, no Guarujá, que seria do ex-presidente, o que pode caracterizar crime de lavagem de dinheiro.
Em 2006, quando se reelegeu presidente, Lula declarou à Justiça eleitoral possuir uma participação em cooperativa habitacional no valor de R$ 47 mil. A cooperativa é a Bancoop (Cooperativa Habitacional dos Bancários) que, com graves problemas de caixa, repassou o empreendimento para a OAS. A Polícia Federal e a Procuradoria da República suspeitam que a empreiteira pagou propinas a agentes públicos em troca de contratos fraudados na Petrobrás.
Em agosto de 2015, Léo Pinheiro foi condenado pelo juiz Sérgio Moro, que conduz as ações da Lava Jato na 1ª instância. O empreiteiro pegou 16 anos e 4 meses de reclusão por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A Lava Jato apurou que a OAS fez parte do cartel das maiores construtoras que se apossaram de contratos bilionários na Petrobrás, entre 2004 e 2014.
Depoimento
O engenheiro Armando Dagre, sócio-administrador da Talento Construtora, declarou ao Ministério Público de São Paulo que ‘praticamente’ refez o triplex 164 A. A reforma, contratada pela empreiteira OAS, alvo da Operação Lava Jato, custou R$ 777 mil, segundo Dagre. Os trabalhos foram realizados entre abril e setembro de 2014.
Armando Dagre disse que o contrato com a OAS para reforma do triplex incluiu novo acabamento, além de uma outra piscina, mudança da escada e instalação de elevador privativo que custou R$ 62,5 mil. Ele disse que não teve nenhum contato com Lula, mas com a ex-primeira dama, Marisa Letícia.
Contou que, um dia, estava reunido com o representante da OAS no apartamento ‘quando Marisa adentrou o apartamento com um rapaz e dois senhores’ e que só depois soube que os acompanhantes da mulher de Lula eram um filho do casal, Fábio Luiz, um engenheiro da OAS e o dono da empreiteira, Léo Pinheiro – condenado na Lava Jato a 16 anos de prisão por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.
“Em verdade tomou um susto quando vislumbrou a dona Marisa Letícia ingressando no meio da reunião existente no interior do apartamento”, disse Armando Dagre.
Lava Jato
Na quarta-feira, 27, a Operação Lava Jato deflagrou a Triplo X, sua 22ª fase, que tinha como alvos a Bancoop, a OAS e a Mossack Fonseca. Segundo a PF, esta etapa da investigação apura a ocultação de patrimônio por meio de um empreendimento imobiliário, o Condomínio Solaris, “havendo fundadas suspeitas de que uma das empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato teria se utilizado do negócio para repasse disfarçado de propina a agentes envolvidos no esquema criminoso da Petrobrás”.
A Polícia Federal incluiu o triplex 164-A, que seria da família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no rol de imóveis com “alto grau de suspeita quanto à sua real titularidade” sob investigação na Triplo X.
O procurador regional da República Carlos Fernando dos Santos Lima, que integra a força-tarefa da Operação Lava Jato, declarou na ocasião que ‘todos os apartamentos’ do Condomínio Solaris são alvos da investigação sobre esquema de offshores criadas para remessas ao exterior de propinas relacionadas às fraudes na Petrobrás. Entre os imóveis investigados, disse o procurador, estão alguns que podem estar relacionados a familiares do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, como sua mulher, Giselda, e a cunhada, Marice.
A informação foi confirmada pelo delegado Igor Romário, da Polícia Federal. “Todo o empreendimento está sob investigação.”
Durante entrevista coletiva na sede da Polícia Federal, o procurador respondeu a uma pergunta se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cuja família teria poder de compra de um tríplex no condomínio no litoral paulista, seria também alvo da investigação.

“Investigamos fatos. Se houver apartamento lá que esteja em seu (de Lula ) nome ou negociado com alguém da sua família, como todos os outros (será investigado). Temos indicativos do uso desses apartamentos para lavagem de dinheiro.”

 

SOLDADO DA POLÍCIA MILITAR DE BELÉM É AUTUADO EM FLAGRANTE, APÓS EXTORQUIR VENDEDORES EM 7 MIL REAIS

 

 

Soldado Rianderson Rabelo

O soldado do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Rianderson Rabelo Soares, 35 anos, foi acusado de extorquir dois homens, de 18 e 21 anos, nesta quinta-feira (28). O policial teria pedido a quantia de 7 mil reais para as vítimas, sob a ameaça de entregá-los à polícia, já que os dois vendem réplicas de roupas de marcas famosas.

O PM, que estava à paisana, agiu com outro homem identificado como Bruce Lancaste de Oliveira, 43 anos, que teria se passado por policial civil usando um distintivo falso.

Os dois acusados teriam realizado a encomenda das peças pela internet e em seguida marcaram um encontro com os vendedores. No momento da entrega das camisas, a dupla teria feito ameaças aos jovens. “Eles disseram que queriam dinheiro e que caso a gente não pagasse, até droga eles iam forjar que encontraram com a gente. E ele me mostrou a droga”, relatou uma das vítimas.
O vendedor relata ainda que houve uma negociação, na qual o PM aceitou a quantia de 3 mil reais e liberou um dos jovens para conseguir o dinheiro. “Eu fiquei com os dois homens dentro do carro do policial, rodando cerca de 3 horas, recebendo ameaças e ele chegou a apontar a arma para mim”, contou.
A vítima seguiu em busca do dinheiro e acionou a Polícia Civil de Ananindeua.
O delegado Armando Mourão foi o responsável pelas diligências. Ele identificou o carro do policial e realizou a abordagem. O PM ainda tentou fugir, mas o delegado efetuou um disparo de advertência no pneu do veículo.
Após apreensão do veículo, foi realizada nele uma revista pela Polícia Civil. Foram encontrados 11 papelotes de uma substância, que seria cocaína. O material foi encaminhado para perícia no Instituto Médico Legal (IML). Uma pistola Ponto 40, usada pelo PM, também foi apreendida.
O caso está sendo investigado pela Divisão de Crimes Funcionais (Decrif) e de acordo com a delegada Dinilda da Costa, o policial foi autuado em flagrante por concussão e se comprovado que a substância usada por ele for cocaína, o PM também vai responder por tráfico de drogas. Bruce também vai responder por usurpação de função pública. 
 
 
Fonte: DOL

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Criador de Dragon Ball critica o anime Dragon Ball Super

Akira Toriyama estaria em dúvida quanto à qualidade da produção para TV.

Os sayajins e esferas que estiveram conosco ao longo da trajetória da franquia Dragon Ball estão completando sua terceira década de existência em 2016. Com isso, a revista japonesa V-Jump preparou uma edição especial para celebrar o 30º aniversário da obra de Akira Toriyama.
A publicação entrevistou o autor e perguntou sobre suas impressões com Dragon Ball Super, o trabalho que marca o retorno da série com mangá e anime inéditos. No entanto, a nova obra não resposta de Toriyama evidencia que ele não estaria exatamente satisfeito com o resultado do desenho animado.
Comparação entre a qualidade da animação de Dragon Ball anteriormente e Dragon ball Super
Após dezoito anos de hiato, em julho de 2015, as TVs do Japão receberam o anime Dragon Ball Super, que conta aos fãs o que aconteceu com Goku depois de sua batalha contra Majin Boo. O roteiro é baseado no mangá de mesmo nome e ambos estão sob o comando do próprio Akira Toriyama.
Porém em sua entrevista para V-Jump, ele teria comentado que não está contente com a arte da animação, feita pela Toei Animation. "Teve um momento que Dragon Ball se tornou uma coisa do passado para mim mas, depois disso, eu me irritei com o filme live-action (com atores reais) e reescrevi o roteiro inteiro e agora estou criticando a qualidade do novo anime para TV. Parece que Dragon Ball cresceu tanto dentro de mim que eu não consigo deixar pra lá", teria dito Toriyama.
Fãs reúnem cenas de Dragon Ball Super e criam memes que evidenciam como a arte deixa a desejar.
Essa percepção não foi diferente da que o público teve em relação a Dragon Ball Super. Isso por ser percebido pelos vários memes que vêm surgindo na internet com piadas sobre os traços do desenho. A FUNimation agendou a distribuição mundial do anime para 2017, portanto há uma esperanças de que esses problemas sejam melhorados até lá.

 

Operação da PM flagra detentos do semi-aberto com arma e drogas Justiça deverá pedir que os mesmos percam o direito ao regime semi-aberto

Os Policiais Militares do Grupo Tático Operacional (GTO), após realizarem abordagem a detentos do regime semi-aberto que retornavam para a Penitenciária Silvio Hall de Moura, na tarde de quarta-feira, 27, realizaram apreensão de drogas, dinheiro, celulares e joias, além de uma pistola automática.
Na primeira abordagem, o preso Rainor Rodrigues de Lucena, foi flagrado com 4 tabletes de drogas, sendo 2 tabletes de maconha e 2 tabletes de pasta base de cocaína. Para dar entrada no presídio, o detento escondeu o material entorpecente no tênis, por debaixo da palmilha.
Por volta de 18h40m, os militares do GTO abordaram dois detentos que estavam no interior de um veículo da marca Saveiro, cor preta, conduzido pelo o presidiário Alberto Cantuário Silva, e tendo como carona o presidiário Jocivan Prata da Silva. Na revista ao veículo, foi encontrado no porta luvas, uma pistola com carregador contento 10 munições. Ainda no interior do veículo, os policiais encontraram R$ 350,00, dois aparelhos celulares, uma pulseira e um cordão de ouro.
A PM apresentou os presos na 16ª Seccional de Polícia Civil para procedimentos legais. O delegado plantonista Jardel Guimarães, juntamente com sua equipe efetivou o flagrante. O detento Rainor responderá por trafico de drogas, e Jocivan, que assumiu que a pistola o pertencia, responderá por posse ilegal de arma. A justiça deverá pedir que os mesmos percam o direito ao regime semi-aberto.
RG 15 / O Impacto

Ex-segurança de Lula também está no Solaris

O MPF requisitou todas as matrículas dos apartamentos no Condomínio Solaris e descobriu que dez imóveis ainda estão em nome da OAS, inclusive o triplex 164-A de Lula.
Na lista, consta também como proprietário do Ap 133-A Freud Godoy, o ex-segurança de Lula envolvido no mensalão e no dossiê dos aloprados.



Após assédio, "Japonês da Federal" é trocado de função

Newton Ishii ficou conhecido como o "Japonês da Federal" após aparecer em várias operações da Polícia Federal, principalmente na Lava Jato.
Agora, o agente enfrenta diariamente o assédio de algumas pessoas que frequentam a sede da PF em Curitiba e pedem para tirar foto com ele.
Como refere a revista Época, o "japa da Federal" tem conquistado fãs. Enquanto se dividia entre os afazeres da carceragem da PF em Curitiba e o transporte de presos, o Japa sempre acabava assediado nos corredores da superintendência.
No entanto, a publicação destaca que a fama acabou afastando o policial da função da qual ficou conhecido. A PF trocou Newton de função, pois a popularidade do "Japa" poderia alertar eventuais alvos das operações e, por isso, ele parou de participar das prisões.

Na porta do presidio e de posse de uma "380" DDI e comparsa são agarrados pelo GTO

Mais uma ação eficaz dos homens do Grupamento Tático de Operações que na tarde de Quarta feira (27),  ao comando do sargento Brandão, abordaram no final da tarde os elementos Jocivan Prata da Silva, vulgo (DDI) e seu comparsa de nome  Rainor Rodrigues de Lucena.
Segundo as informações colhidas por nossa equipe de reportagem, a dupla estava nas proximidades do presidio de Cucuruná, DDI estava de posse de uma Pistola de Cal, "380", segundo a policia eles também estavam com uma quantidade de entorpecentes.   
Vale ressaltar que DDI, é considerado pela policia como um elemento de alta periculosidade, é atribuído a ale vários homicídios que já aconteceram na cidade, segundo informações ele está no regime semi aberto e de dia saio para trabalhar e só retorna ao presidio a noite. 
Fonte : Elias Junior Noticias

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Governo diz que pagará bolsa mensal a famílias de bebês com microcefalia

Benefício será pago a famílias com renda per capita de até R$ 220 por mês.
Dinheiro sairá de fundo que auxilia pessoas com algum tipo de deficiência.

Bebê aguarda atendimento com neuropediatra em São Luís (MA) (Foto: Reprodução / TV Mirante) 

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome informou nesta quarta-feira (27) que mães de crianças diagnosticadas com microcefalia podem se inscrever no Benefício de Prestação Continuada (BPC).
O auxílio tem o valor de um salário mínimo por mês e é normalmente concedido a idosos com mais de 65 anos que não recebem aposentadoria e a pessoas diagnosticadas com um algum tipo de deficiência.
Desde o fim do ano passado, milhares de casos de microcefalia começaram a ser registrados no país. O governo aponta o mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue e da febre chikungunya, como responsável por transmitir o zika vírus, responsável pela microcefalia em bebês.
Conforme o Ministério do Desenvolvimento Social, o pagamento do BPC corresponde a um salário mínimo e só pode recebê-lo quem possui renda per capita familiar inferior a um quarto de salário mínimo, atualmente em R$ 220.
Segundo o MDS, o benefício também só é pago a quem for atestado pelo INSS com algum tipo de deficiência (que é o caso da microcefalia) e quando a família comprovar que tem dificuldades financeiras.
O BPC, no caso das crianças com microcefalia, é pago ao responsável pela criança, geralmente um dos pais. Se o menor de idade não tiver um responsável legal, um juiz deverá determinar quem receberá os recursos.
O benefício foi criado em 2007, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No comunicado em que anunciou a aplicação do BPC a casos de microcefalia, o MDS não divulgou o orçamento do programa previsto para este ano.
Repelente
Nesta quarta, os ministros Jaques Wagner (Casa Civil) e Marcelo Castro (Saúde) se reuniram no Palácio do Planalto com fabricantes de repelentes de mosquitos que podem ser usados contra o Aedes aegypti. Segundo o governo federal, serão distribuídos repelentes a grávidas que sejam beneficiárias do Bolsa Família, estimadas em cerca de 400 mil mulheres.
Além da decisão relacionada aos repelentes, o governo também deve propor que os estados adotem o mesmo sistema que Goiás vem utilizando, por meio do qual é possível monitorar em tempo real casas, ruas e bairros visitados pelas equipes de vigilância.
Na última segunda, a presidente Dilma Rousseff discutiu com seis ministros no Palácio do Planalto campanhas publicitárias voltadas à conscientização da população sobre formas de combater o Aedes aegypti e impedir sua proliferação.
Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Castro, na próxima sexta (29), Dilma participará de videoconferência com governadores para discutir medidas de combate ao Aedes aegypti.

 

Ao tentar roubar, adolescente apanha e tem arma quebrada na cabeça

Fato aconteceu na noite desta terça (26) em Parnamirim, na Grande Natal.
Adolescente, que tem 17 anos, também teve o braço quebrado pelas vítimas.

Suspeito de tentar assaltar um grupo de pessoas na noite desta terça-feira (26) em Parnamirim, cidade da Grande Natal, um adolescente de 17 anos foi rendido e agredido pelas próprias vítimas. O revólver que o menor empunhava foi tomado e quebrado na cabeça dele.
Segundo a PM, o menor de idade e um comparsa tentaram roubar quatro pessoas que chegavam em casa, no bairro de Bela Vista. As vítimas perceberam que a arma estava sem balas e reagiram. Ao ser agredido, o adolescente ainda teve o braço fraturado. O comparsa conseguiu fugir.
Com a chegada da polícia, o menor foi levado para a delegacia juntamente com o revólver, que ficou em pedaços.
Revólver foi tomado do adolescente e quebrado na cabeça dele; arma ficou em pedaços  (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)Revólver foi tomado do adolescente e quebrado na cabeça dele; arma ficou em pedaços (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
  Ao tentar roubar, adolescente apanha e tem arma quebrada na cabeça

 

Conta de luz deve ficar mais barata a partir do mês de fevereiro 

ctv-mj7-energia-divulgacao 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou as faixas de acionamento das bandeiras tarifárias de 2016, com a criação de um novo - e mais barato - patamar para a bandeira vermelha, que vem sendo paga pelos consumidores brasileiros desde janeiro do ano passado. Os novos valores, mais baixos em relação aos atuais, passam a vigorar em fevereiro.
O diretor da Aneel relator do processo, André Pepitone, manteve a proposta da área técnica com a criação de dois patamares de cobrança adicional no caso da bandeira vermelha, mas propôs um desconto ainda maior que o previsto anteriormente. O patamar 1 - antes estimado pelo corpo técnico do órgão em R$ 4,00 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos - será de R$ 3,00 para cada 100 kWh consumidos. O valor final representa um desconto de 33% sobre o preço praticado atualmente, de R$ 4,50 para cada 100 kWh.
No patamar 2, por outro lado, o preço proposto é de R$ 4,50 para cada 100 kWh consumidos, igual à cobrança hoje realizada nas contas de luz. A bandeira vermelha continuará a ser acionada nos meses nos quais o custo de operação (CVU) da usina térmica mais cara a ser despachada for superior a R$ 422,56/MWh. No caso do patamar 1, esse limite deve ficar entre R$ 422,56/MWh e R$ 610/MWh, que é a situação atual do sistema nacional. Quando o CVU da última usina a ser despachada for igual ou superior a R$ 610/MWh, será implementado o patamar de preço estabelecido no patamar 2.
Já a bandeira amarela será reduzida de R$ 2,50 ara R$ 1,50 para cada 100 kWh consumidos, um desconto de 40%. Essa bandeira permanecerá sendo acionada nos meses em que o valor do CVU da última usina a ser despachada for igual ou superior a R$ 211,28/MWh e inferior a R$ 422,56/MWh. Quando o valor da usina mais cara for inferior a R$ 211,28/MWh, será acionada a bandeira verde, o que implica em nenhuma cobrança adicional ao consumidor.
Uma das causas para os descontos serem ainda maiores que os previstos inicialmente pela área técnica foi o fato de a Aneel ter atualizado a previsão de crescimento da carga em 2016 para 1% em relação a 2015, ante uma expansão de 2,4% considerados anteriormente.
Na próxima sexta-feira, 26, a Aneel decidirá sobre qual bandeira vigorará no mês de fevereiro. Como não houve desligamento de térmicas neste mês, a bandeira deverá continuar vermelha, no primeiro patamar. Ou seja, os consumidores pagarão em fevereiro um adicional de R$ 3 para cada 100 kWh consumidos. De acordo com Rufino, é provável que se espere até abril para que possa haver uma mudança na cor da bandeira.
"Sair da bandeira vermelha depende das térmicas que são despachadas. Tivemos uma hidrologia favorável em janeiro, mas depende do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) determinar o desligamento de térmicas ou não. Em abril, no final do período úmido, é o momento de maior certeza para haver essa deliberação", concluiu.
Fonte:jhonny pirateiro

 

Militares do Comando Regional da PM farão treinamento em uso de pistola

Todos os militares que fazem parte do CPR-I (Comando de Policiamento Regional), vinculado à PM e com sede em Santarém, serão submetidos a um curso de atualização de uso da pistola .40.
É a primeira vez que treinamento desse tipo será realizado na região.
São cerca de mil homens e mulheres distribuídos em 7 unidades militares que irão participar das oficinas de direitos humanos, técnicas policiais e tiros.
O pontapé inicial já foi dado: começou pelos militares da Companhia Independente de Polícia Militar de Fronteira, em Óbidos.
Os instrutores são integrantes do GTO (Grupo Tático Operacional), com conhecimento do Método Giraldi.
O comando da CPR-I é do coronel Héldson Tomaso.
Fonte : BLOG DO JESO /  http://www.jesocarneiro.com.br/

WhatsApp quer compartilhar informação com o Facebook 

Os usuários do aplicativo de mensagens Whatsapp compartilharão dados com o Facebook. Javier Santos, um programador espanhol especialista em Android, esmiuçou a versão preliminar do WhatsApp que logo se tornará oficial e descobriu a novidade. “Eu me limitei a mexer um pouco na última beta. Eles mesmos a puseram em sua página. No Android sempre há um arquivo no qual são mostradas todas as telas. Encontrei algo diferente das versões anteriores. Era isso, a conexão com o Facebook”, explica Santos, estudante de Engenharia Informática. As versões beta, como são denominadas no argot, servem para que a comunidade mais avançada busque falhas e opine sobre como melhorá-las. Na realidade, costuma ser a antessala do modelo final.
Nem o WhatsApp nem o Facebook entraram em contato com o programador. Tampouco responderam a EL PAÍS sobre essa próxima opção.
Há quase dois anos o Facebook anunciou a compra do WhatsApp por 19 bilhões de dólares (78 bilhões de reais). Não se via uma curva de aquisição de usuários tão pronunciada desde que Mark Zuckerberg criou essa rede social. Esse foi o argumento de compra: prover um serviço que produz uma grande fidelidade. Ao mesmo tempo, custou muito entender que o Facebook não quisesse saber mais de cada um dos perfis, por mais que insistisse em que o aplicativo do polêmico Jan Koum se manteria à margem.
Antes de passar às mãos do Facebook, seu criador, ex-funcionário do Yahoo, proclamou sua rejeição à publicidade como modelo de negócio. Em uma entrevista em maio de 2013 enfatizava essa ideia: “Não queremos ser rede social nem site de jogos nem suporte publicitário”. Uma clara referência ao Facebook e a seu então maior concorrente, o Line.
Javier Santos, desenvolvedor de aplicativos para Android.
Na semana passada foi anunciado que o WhatsApp passará a ser grátis para todos os clientes. O aplicativo dará acesso a organizações e empresas para comunicação com os clientes. Em seu blog, justificam: “Ao começar o ano, realizaremos testes com ferramentas que permitam que você se comunique com empresas e organizações que você escolher. Isso pode significar a comunicação com o seu banco sobre uma possível transação fraudulenta ou, talvez, com uma companhia aérea para te informar sobre o atraso de um voo. Sabemos que na atualidade você recebe toda essa informação através de mensagens de texto ou chamadas telefônicas e é por isso que nossas novas ferramentas te ajudarão a realizar tudo isso em um só lugar usando o WhatsApp”.
Algo que, novamente, contrasta com o defendido durante o encontro em sua modesta sede de Mountain View: “Nós queremos que nossos usuários sejam nossos clientes, não que eles sejam o produto com o qual se faz negócio. Assim estamos obrigados a melhorar, escutá-los e manter a qualidade. Sinceramente, acabei ficando bem cheio do mundo dos anúncios em meu trabalho anterior. Não quero saber de nada disso. Achamos que um dólar por ano tanto no iPhone como no Android é um preço justo”.
Um mês depois de passar a fazer parte do império Facebook, Koum saiu em defesa da decisão, proclamando sua independência: “O respeito pela privacidade de vocês está dentro de nosso DNA, e fizemos o WhatsApp como propósito de saber de vocês o menos possível: Vocês não têm de nos dar nem o nome, nem mesmo se pede o email. Não sabemos quando é o seu aniversário. Nem o endereço da sua casa. Não temos ideia de onde você trabalha nem das coisas de que você gosta, o que busca na Internet ou os dados do seu GPS. Nunca pegamos nenhum desses dados nem os armazenamos no WhatsApp. E, de verdade, não pensamos em mudar isso".
Santos publicou no Google+, a rede social de Google, uma série de imagens que demonstram as intenções do Facebook. Até esta data, o perfil do WhatsApp estava associado a um número de telefone, mas não a um perfil do Facebook nem a uma conta de correio eletrônico. Na controversa novidade, explicam seu uso: “Compartilhar dados de minha conta de WhatsApp com o Facebook para melhorar minha experiência no Facebook”. O WhatsApp está prestes a superar um bilhão de usuários ativos.

Vereadores santarenos, prefeitos da região e empresários pedem concessão da BR-163 até o Porto de Santarém

As lideranças políticas, empresariais e movimento social organizado dos municípios de Santarém, Mojui dos Campos, Belterra, Itaituba, Novo Progresso e Trairão participaram maciçamente da audiência pública organizada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), nesta quarta-feira, 21/01, em Itaituba, no auditório das Faculdade de Itaituba (FAI).
A concessão que está sendo discutida em audiência compreende o trecho entre Sinop-MT a Miritituba-PA, totalizando 976 Km de rodovia, o que deixa Santarém de fora do projeto.
Representaram Santarém na audiência em Itaituba o prefeito Alexandre Von e o presidente da Câmara Reginaldo Campos, além dos vereadores Henderson Pinto (DEM), Dayan Serique (PPS), Rogélio Cebulisk (PSB), Chiquinho da UMES, Gerlande Castro (PSDB) e Geovani Aguiar (PSC), o secretário Municipal de Planejamento Valdir Matias Júnior e diversos representantes do movimento social organizado e empresarial.
O prefeito Jailson Alves e o presidente da Câmara Izailton Sousa representaram o município de Mojuí dos Campos. Entre as autoridades políticas se fizeram presentes os deputados estaduais Hilton Aguiar (PSC), Heraldo Pimenta (PMDB) e Airton Faleiro (PT). E ainda, o senador da república Paulo Rocha (PT) e o vice-governador do Pará Zequinha Matinho. Além dos prefeitos Eliene Nunes (Itaituba); Alexandre Von (Santarém); Dilma Serrão (Belterra); Jailson Alves (Mojuí dos Campos); Danilo Miranda (Trairão), Raulien Quiroz (Jacareacanga), Ranilson Alves do Prado (Aveiro).
Fonte : BLOG DO COLARES / http://www.blogdocolares.com/

Familiares de indígena assassinada pedem prisão de todas as envolvidas no crime

Na manhã desta terça feira, 26, amigos e parentes de Geiziane Kabá Mundurukú, de 20 anos de idade, assassinada com 04 tiros por Danielle Castilho Varelo, 22 anos, na cidade de Jacareacanga estiveram na 19ª Seccional de Itaituba para saber como andam os trabalhos de investigação da morte da indígena.

A reunião aconteceu na sala da superintendência do Tapajós com os delegados João Milhomem que esteve no município auxiliando nas investigações; Djalma Pereira diretor da 19ª Seccional e do Delegado José Dias Bezerra superintendente da Policia Civil. Os parentes queriam saber dos procedimentos que foram feitos conta a acusada de cometer o crime. Eles temem que a mesma seja solta pela justiça, eles querem que ela continue presa, seja julgada, condenada e pague pelo crime que cometeu.
A mãe da vitima a senhora Eliana Painhum Munduruku estava muito abalada, mas conseguiu falar, ela pediu justiça, e pede que a policia continue com os trabalhos de investigação para prender outras pessoas envolvidas, como a pessoa dona da arma que tirou a vida de sua filha.
Eliane Vital da Silva cunhada da vitima e Andreziane Painhum Munduruku prima estavam juntas com a vitima na hora do acontecido. Segundo elas todas estavam juntas, quando Danielle chegou logo atirando na vitima, as duas negaram qualquer agressão anterior contra Danielle, negaram que estavam com faca e relataram que a vitima não tinha nenhum problema com a acusada. Elas pedem que todas as pessoas envolvidas sejam presas. O Superintendente da Policia Civil no Tapajós; Delegado José Dias Bezerra disse que todos os procedimentos legais foram feitos e que as investigações continuam.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Humorista Maurício Manfrini é feito refém durante assalto no Rio 

O comediante ficou sob poder dos assaltantes e foi liberado às margens da Via Dutra.

O humorista Maurício Manfrini, intérprete do personagem Paulinho Gogó, foi feito refém durante um assalto em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Segundo a polícia, ele foi abordado por ao menos cinco criminosos armados quando deixava a casa da mãe.
O comediante ficou sob poder dos assaltantes e foi liberado às margens da Via Dutra após um cerco policial realizado pela PM no sentido São Paulo da rodovia.
Os bandidos roubaram os pertences e o veículo dele, mas não se feriu. Ele foi encaminhado para a 64ª Delegacia de Polícia, prestou depoimento e foi liberado.
O caso é investigado pela Polícia Civil e até o momento nenhum suspeito foi detido.

 

Jon Jones se oferece para substituir Werdum pelo cinturão "real" 

Jon Jones perdeu seu cinturão após provocar um acidente de carro – Diego Ribas 

Jon Jones campeão peso-pesado do UFC. Possível? Sim, sempre foi um antigo desejo do americano. Mas isso pode acontecer mais rápido do que todos esperavam. O ex-detentor do cinturão dos meio-pesados (93 kg) do Ultimate aproveitou a desistência dupla do desafiante Cain Velasquez e do atual campeão, Fabricio Werdum, para dar as caras e se colocar à disposição para lutar no UFC 196.
Na verdade, não é tão simples quanto parece. Tudo aconteceu após um internauta sugerir a Dana White que colocasse Jones para encarar Stipe Miocic pelo cinturão interino dos pesados e salvar o evento marcado para dia 6 de fevereiro. O americano resolveu responder ao fã e topou o desafio, mas deixou claro que só lutaria se o cinturão linear do torneio fosse colocado em disputa.
"Se isso fosse pelo título real, eu faria com certeza", escreveu o ex-campeão dos meio-pesados.
Nunca na história do Ultimate a organização retirou o título de um atleta que não luta há menos de um ano, como é o caso de Werdum. O brasileiro desistiu de atuar no card do UFC 196 após Velasquez divulgar que estava machucado e ser substituído por Miocic. Em um primeiro momento, o campeão pareceu ter aprovado o novo desafiante, mas depois ele voltou atrás e revelou sua lesão. O UFC ainda não se pronunciou sobre qual será o destino da luta principal do evento marcado para a cidade de Las Vegas (EUA).
Jon Jones era campeão dos meio-pesados, mas perdeu o título após provocar um acidente automobilístico e deixar o local sem prestar socorro à vítima. Bones deve retornar ao octógono ainda neste primeiro semestre e seu provável adversário é o atual dono do título de sua categoria, Daniel Cormier.

 

Itaituba - Estrada de Barreiras foi Interditada por agricultores!


Itaituba - Estrada de Barreiras foi Interditada por agricultores!

Acaba de ser interditada a estrada de Barreiras por moradores de sete comunidades, entre elas o PA Sao Benedito e o Ramal União. Os comunitarios estao cansados de enrolação, embora um executivo da Celpa tenha firmado que a obra inicia em março, os comunitarios nao arredam o pé e enquanto a celpa nao emitir o DMT ( liberaçao de materiais e a empresa parceira tenha o contrato assinado para a construção da obra. Os manifestantes ja entraram em contato com a Coordenação Nacional do Programa Luz para Todos e tiveram a confirmação que o Governo Federal já liberou a parcela relativa ás obras em questão.
fonte:política com pimenta malagueta
26/01/2016 18h23 - Atualizado em 26/01/2016 18h23

Caminhão carregado com pão tomba entre Uberaba e Uberlândia

Motorista perdeu controle ao tentar pegar papel dentro da cabine.
Ele foi levado para UPA com estado de saúde moderado.

Rodrigo Castro Do G1 Triângulo Mineiro
caminhão tombamento pão br-050 (Foto: PRF Uberaba/ Divulgação)Caminhão tombou no acostamento da BR-050 (Foto: PRF Uberaba/ Divulgação)
Uma carreta que transportava oito toneladas de pão tombou na tarde desta terça-feira (26), no km 140, da BR-050, entre Uberaba e Uberlândia. Segundo a assessoria de imprensa da concessionária MGO Rodovias, o motorista relatou que se distraiu ao tentar pegar um papel dentro da cabine e perdeu o controle do veículo.
O caminhão, que seguia sentido Uberlândia, entrou no acostamento e acabou tombando. O motorista foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito com estado de saúde moderado. Uma das pistas ficou interditada por cerca de duas horas para que a limpeza da via fosse feita.

Prefeitura de Maringá confirma 1º caso de morcego com raiva no ano

Animal foi encontrado perto da avenida Kakogawa, na zona norte.
Vigilância Sanitária isolou o local e reforçou campanhas de conscientização.

A Secretaria de Saúde de Maringá, no norte do Paraná, confirmou o primeiro caso de morcego com raiva no município, em 2016. O animal contaminado foi encontrado nas proximidades da avenida Kakogawa, na zona norte da cidade.
A Vigilância Sanitária da Prefeitura bloqueou a região em que o morcego foi recolhido e passou a distribuir folders informativos aos moradores. O pedido é para que, de forma alguma, a população tenha contato direto com os quirópteros.
O cuidado também deve ser com cães e gatos, que podem ter contato com os morcegos e retransmitir a raiva.
Caso encontre algum morcego dentro de casa, a Secretaria de Saúde alerta para que o morador vá a uma Unidade Básica de Saúde (UBS), imediatamente. Existe risco de contato involuntário durante a noite, afirmam os médicos.
A raiva é uma doença infecciosa causada por um vírus e pode matar. No ano passado, outros dois morcegos infectados foram encontrados em Maringá pelas equipes da Prefeito

Em dois anos, Dirceu viajou 113 vezes em jatos de lobista

Júlio Camargo afirma que pagou propina de R$ 1 milhão a ex-ministro com fretes de aeronaves
Entre os anos de 2010 e 2011, o ex-ministro da Casa Civil no governo Lula José Dirceu usou 113 vezes os jatos do lobista Júlio Gerin Camargo, delator da Operação Lava Jato, totalizando 105 mil quilômetros percorridos, o equivalente a duas voltas e meia ao mundo.
Ouvido na última sexta-feira (22) pelo juiz federal Sérgio Moro — que conduz os processos da Lava Jato em primeira instância —, Julio Camargo afirmou que as horas de voo usadas por Dirceu foram abatidas de uma conta de R$ 1 milhão de propinas restantes a ser paga por ele para o ex-ministro por contratos na Petrobras.
O empresário afirmou que "o saldo de R$ 1 milhão [de propina] entrou em uma conta de afretamento de aviões".
— O ministro se utilizava de dois aviões que eram de minha propriedade. E isso representava um débito e era compensado nessa conta de R$ 1 milhão que ficou restante.
Os dois são réus em processo por corrupção lavagem de dinheiro e organização criminosa, envolvendo contratos da petrolífera.
O valor de R$ 1 milhão restante seria referente a um acerto de R$ 4 milhões que teria sido fechado com dois representantes da Diretoria de Serviços da Petrobras, que eram seus contatos diretos sobre o assunto "propina" na estatal: Renato Duque, ex-diretor indicado ao cargo pelo ex-ministro, e Pedro Barusco, o ex-gerente de Engenharia, braço direito de Duque. Ambos eram cota do PT no esquema de fatiamento político das diretorias da estatal, que incluía ainda o PMDB (que controlava a Diretoria de Internacional) e PP (Diretoria de Abastecimento).
Planilha de voos
Para provar o que diz, Julio Camargo apresentou ao juiz Sérgio Moro, no interrogatório de sexta-feira, uma planilha com os registros de voos, data, hora da partida e da chegada, período de voo e quilometragem, com identificação do passageiro "J.Dirceu".
Nesta segunda-feira (25), o documento foi anexado ao processo penal em que Dirceu, Duque e Julio Camargo são réus — junto com outros envolvidos — pelo recebimento de propina da empreiteira Engevix.
São dois jatos, um Citation Excel PT-XIB e outro um Citation Mustang PP-EVG. o primeiro teria sido comprado por Dirceu em 2011 e devolvido, em seguida. O segundo consta como sendo propriedade da empresa Riomarine, do operador de propinas e também delator Mário Goes, segundo o blog O Antagonista.
Moro perguntou se era feita alguma simulação de pagamento para cobrir o abatimento das horas de voo dentro do caixa da propina. Julio Camargo explicou que era feito um acerto de contas mensalmente entre ele, o operador de propinas Milton Pascowitch, o irmão e sócio de Dirceu, Luis Eduardo, e seu assessor Roberto Marques, o Bob - os três, também réus do processo.
O magistrado pediu para Julio Camargo apontar se alguma vez Dirceu pagou pelo uso das aeronaves de Julio Camargo.
— Se não me falha a memória uma ou duas vezes foram pagos. Mas se o senhor considerar os inúmeros voos que foram feitos, diria para o senhor que foi muito pequena [as] parte [s] que foram pagos diretamente.
Venda do avião
O Ministério Público Federal acusa Dirceu de ter comprado uma cota de um terço do jato prefixo PT-XIB, em 2011, por meio do operador de propinas Milton Pascowitch. Ligado à empreiteira Engevix, ele confessou, também na sexta-feira (22) ao juiz da Lava Jato ter adquirido parte da aeronave para uso do ex-ministro.
"O denunciado Dirceu, de modo consciente e voluntário, no contexto das atividades da organização criminosa" teria dissimulado e ocultado a origem e a propriedade da parte de 33% dos Cessna Aircraft, modelo 560XL.
"Quota parte essa que foi adquirida em favor de Dirceu por Milton, José Adolfo [Pascowitch] e Júlio Camargo, por intermédio das empresas Jamp e Avanti, com recursos provenientes dos crimes de cartel, fraude a licitação e corrupção praticados pelos executivos da Engevix, Hope e Personal, em detrimento da Petrobras", registra a denúncia da força-tarefa da Lava Jato.
Os dois operadores de propina na Petrobras e delatores nos processos disseram que o negócio foi desfeito logo depois, e que apenas uma parcela do valor total de R$ 1 milhão foi paga. O dinheiro teria saído da empresa de Pascowitch, a Jamp Engenheiros Associados — usada para movimentar propinas — para Julio Camargo.
Com o fim da transação, Julio Camargo teve que devolver a primeira parcela paga. Foi só então que ele diz ter tomado conhecimento do suposto envolvimento de Dirceu no negócio.
— Milton que comprou a aeronave pela Engevix e me cobrou com o nome do doutor José Dirceu, a devolução do valor que ele tinha pago.
O lobista, que representava no Brasil os interesses da japonesa Toyo Engineering Corporation e também de algumas brasileiras, como a Camargo Corrêa, Setal e UTC, disse que decidiu vender uma cota da aeronave por não fazer uso constante dela. Pascowitch teria informando que a Engevix precisava de um novo jato, especialmente após a compra do Estaleiro Rio Grande (RS) — adquirido da Wtorre, outra investigada da Lava Jato, para construção de plataformas para a Petrobras, via Sete Brasil.
— Eu vendi uma parte desse avião, e se o senhor verificar, esse contrato de venda para a Engevix aconteceu em 7 de julho de 2011. Se o senhor pegar a tabela que eu vou lhe entregar o senhor vai verificar que os últimos voos do ministro, do ex-ministro, foram em junho de 2011, nessa aeronave.
Mau negócio
"Se ele [Pascowitch] tivesse me dito que a aeronave era para o senhor José Dirceu eu não teria vendido. Porque isso já estava me causando inúmeros problemas. Porque toda vez que o senhor José Dirceu entrava no avião, aparecia o prefixo do avião e 'doutor José Dirceu usando avião fretado, andando de jatinho para baixo para cima'. Aquilo deu uma visibilidade no avião que perdeu o seu preço, porque ficou rotulado como um avião do José Dirceu", contou Julio Camargo.
Defesa
O advogado Roberto Podval, que defende José Dirceu, disse que está conferindo todos os dados relativos aos voos do ex-ministro chefe da Casa Civil do Governo Lula. O criminalista anotou que as informações sobre o número de horas de voo apontadas na planilha do lobista e delator Júlio Camargo não são exatas.
— Estamos checando esses dados e não me parece que são corretos. Não são corretos. Ainda estamos verificando voo a voo, é um pouco complexo, data por data, para onde foi, de onde foi, para podermos fazer essa prova. Mas já sabemos que não é isso. Pode até ter voado, mas com outras pessoas, outros lugares. Existem voos que sabemos não têm nenhuma relação com o José Dirceu. Estamos batendo voo a voo para saber o que exatamente diz respeito a ele. Esses voos [da planilha de Júlio Camargo] não são 100% de José Dirceu.

Dilma tem até o dia 5 de fevereiro para depor na Zelotes

Presidente Dilma poderá se manifestar por escrito para a Justiça Carlos Ezequiel Vannoni/21.01.2016/Eleven/Estadão Conteúdo
A presidente Dilma Rousseff tem até o dia 5 de fevereiro para enviar depoimento por escrito na ação penal decorrente da Operação Zelotes, que investiga suposta venda de medidas provisórias que prorrogaram incentivos fiscais para montadoras de veículos.
As informações são da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal.
Dilma será ouvida como testemunha de defesa de um dos réus, o empresário e advogado Eduardo Valadão.
Por ser testemunha de defesa e ter foro privilegiado, a presidente pode se manifestar por escrito. Ela pode ainda alegar que não tem informações sobre o caso.
Os depoimentos de testemunhas arroladas pelas defesas na Operação Zelotes estavam marcados para a última sexta-feira (22) na Justiça Federal, em Brasília, mas foram adiadas para segunda-feira (25) em função da falta de um documento.
Leia mais notícias de Brasil e Política
Justiça autoriza depoimento de Dilma na Zelotes
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva era uma das testemunhas, mas seu depoimento foi cancelado. O ex-ministro Gilberto Carvalho prestou depoimento nesta segunda.
Medidas provisórias editadas no governo Lula e uma no governo Dilma são investigadas pela Zelotes.

 

 

TelexFREE: Juiz determina que divulgador será ressarcido por prejuízo com ‘esquema de pirâmide’

TelexFREE: Juiz determina que divulgador será ressarcido por prejuízo com ‘esquema de pirâmide’ 

O juiz Marcelo Pimentel, da 10ª Vara Cível de Vitória, julgou parcialmente procedente uma ação ordinária movida por um “divulgador” da Telexfree (nome fantasia da empresa Ympactus Comercial Ltda). Na decisão publicada nesta segunda-feira (25), a empresa – que entrou com pedido de recuperação judicial – terá que ressarcir todo o prejuízo causado ao cliente, estimado em R$ 21,4 mil, além do pagamento de indenização por dano moral, fixado em mais R$ 3 mil. A sentença ainda cabe recurso.
Consta nos autos do processo (0011681-71.2015.8.08.0024) que o autor da ação R.E.D.S. fez um contrato com a Telexfree em junho de 2013 no valor total de R$ 33 mil para divulgar o pacote de telefonia VoIP (via internet). Ele alega que foi atraído a fazer parte do chamado “negócio”, que, na verdade, seria um esquema de pirâmide financeira – como denunciou o Ministério Público Federal. Ele cobrava a rescisão do contrato e o ressarcimento do prejuízo, além do pagamento de indenização no valor de R$ 50 mil. No entanto, os valores foram ajustados pelo magistrado.

Na sentença assinada no dia 23 de outubro, o juiz Marcelo Pimentel alegou que o divulgador comprovou efetivamente ter sofrido um prejuízo de R$ 21,4 mil com o esquema. O togado cita que a empresa teve os bens bloqueados pela Justiça estadual do Acre para garantir aos participantes o direito de serem ressarcidos. “Não restam dúvidas de que a tese da ré [Telexfree] não se sustenta, pois o autor fora instado por agentes credenciados ou mesmo por maciças propagandas veiculadas na mídia, a firmar o referido contrato, sob a promessa de ganho mensal em curto período”, afirmou.
Citando as investigações contra a empresa na esfera federal, o juiz afirma que a Telexfree teria montado um esquema Ponzi (similar ao esquema de pirâmide financeira) sob a fachada de uma provedora de telefonia, sem a autorização da Anatel, sediada no Espírito Santo. Marcelo Pimentel detalha como funciona o esquema, que prometia “retorno extraordinário e em curto prazo” desde que fossem conquistadas novas adesões.
“É o caso dos autos, onde o autor foi envolvido sob falsas promessas de enriquecimento rápido. [...] Por essas razões, entendo pela procedência do pedido quanto à restituição dos valores pagos, devidamente corrigidos, bem como pela rescisão contratual, tendo em vista que se tratou de um negócio no mínimo temerário”, conclui o juiz, que fixou o valor da indenização bem abaixo do solicitado, de acordo com ele, servindo de caráter pedagógico para desestimular a prática de atos em desarmonia com a legislação vigente.
As informações são do Século Diário

 

Santarém: Homem é colocado a força dentro de carro torturado e leva tiro na orelha

Fato aconteceu agora na tarde de terça feira (26) segundo informações da Policia Militar o homem de nome Joabe Carvalho Silva, foi pego por outros elementos em algum lugar da cidade. Depois que o pegaram colocaram ele dentro de um carro e depois disso deram um disparo de arma de fogo nele.
Segundo relatos da vitima, queriam saber dele se ele tinha alguma participação em um determinado assalto, ele foi torturado por 4 indivíduos  e depois deram um tiro na orelha dele e o abandonaram na serra do "Saubal", Na grande are ado bairro Nova Republica.
Fonte : Elias Junior Noticias

Acusado por morte da família Buchinger se entrega

Acusado por morte da família Buchinger se entrega

Se entregou hoje (25), o quinto acusado de envolvimento do caso da família Buchinger, asfixiado em Altamira no último 07.
Acusado por morte da família Buchinger se entrega (Foto: Antonio Melo)

O homem identificado como Anderson Goes Moraes, 31 anos, se entregou em Belém pela manhã. De acordo com a Polícia Civil, o acusado participou ativamente do crime, entrou na casa onde ocorreu as mortes e foi piloto de fuga. A primeira pessoa a ser agarrada pelo bando foi Chiara, filha do casal assassinado e sobrevivente. Ele e mais quatro pessoas, incluindo o filho do casal assassinado, estão sendo acusados do crime. Anderson foi apresentado pela polícia em coletiva de imprensa na noite de hoje.

ASSALTO NO BANCO BRADESCO EM NOVA ESPERANÇA DO PIRIA NO PARA

Bandidos Armados invadem banco em Nova Esperança do Piriá, no Pará.


Dois seguranças e o gerente do banco foram levados como reféns.
Segundo a polícia, assaltantes fugiram em direção a Paragominas

Um bando de homens armados de fuzil e escopeta calibre 12.Estavam tranjando roupas rajadas. assaltou uma agência bancária no fim da manhã desta terça-feira (26) em NovaEsperança do Piriá, no nordeste paraense. De acordo com a Polícia Civil, os assaltantes fugiram do local e levaram como reféns dois seguranças e o gerente do banco amarrados ao carro. No momento da fuga, um homem teria sido ferido durante uma troca de tiros entre os bandidos e a polícia.
Homens do Grupo de Pronto-Emprego da Polícia Civil, e equipes policiais de Capanema, no nordeste do Pará, e da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) foram encaminhados para o município para dar suporte à Polícia Militar.
Segundo o investigador Eduardo Cobra, policiais saíram em perseguição aos criminosos, que teriam fugido em direção à cidade de Paragominas, no sudeste paraense.

HOMEM É PRESO COM VÁRIAS NOTAS FALSAS NO GARIMPO CUIÚ-CUIÚ.

O PDD da comunidade Água Branca na noite de sexta-feira (16/11/2018), recebeu uma informação anônima onde três elementos estariam passando...