quarta-feira, 14 de março de 2018

POLÍCIA CIVIL APREENDE CERCA DE 15 QUILOS DE MACONHA NO MUNICÍPIO DE MARABÁ

A Polícia Civil do Pará prendeu, na noite de segunda (12), no núcleo Cidade Nova, em Marabá, sudeste do Estado, o casal Maurício Lopes da Silva, 28 anos, e Vaniscléia da Silva Monteiro, 31, pelo crime de tráfico de drogas. Os dois foram presos logo após receberem a droga vinda de Goiânia, capital de Goiás, dentro de um veículo de uma empresa transportadora. Com os presos, os policiais civis apreenderam 16 tabletes de maconha prensada com peso de cerca de 15 quilos no total. Outras duas pessoas foram presas em Goiânia, capital de Goiás, por policiais civis desse Estado, com mais 100 quilos da droga, totalizando a apreensão de mais de 115 quilos de entorpecentes nos dois Estados.
Segundo o delegado Marcelo Delgado, titular da Superintendência da Polícia Civil da Região Sudeste do Pará, as prisões em Marabá foram realizadas logo após policiais civis avistarem o casal que trafegava em uma moto tipo Honda Titan 160 cilindradas. O veículo era conduzido por Maurício que transportava Vaniscléia na garupa. O casal, explica o policial civil, estava em atitude suspeita. Os policiais civis perceberam que a mulher carregava em suas mãos uma caixa de papel e, dessa forma, decidiram fazer a abordagem para uma revista pessoal. Durante o procedimento, os policiais civis solicitaram à mulher que abrisse a caixa para uma averiguação.
Foi então que os agentes constataram que havia dentro da caixa uma grande quantidade de drogas. Questionados sobre a origem e destino da droga, os presos negaram, no primeiro momento, envolvimento no tráfico de entorpecentes. No entanto, durante interrogatório, Maurício confessou o crime. Segundo ele, a droga veio da cidade de Goiânia, no Estado de Goiás, e foi transportada até o município de Marabá no veículo de uma empresa transportadora de cargas como se fosse uma encomenda normal. Em depoimento, o preso afirmou que utilizou o nome de Vaniscléia para fazer a postagem da carga.
Após a coleta dos depoimentos dos presos, explica o delegado Marcelo Delgado Dias, foi feito contato com a Divisão Estadual de Narcóticos (DENARC), da Polícia Civil do Pará, e com a Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos, da Polícia Civil de Goiás. A partir da troca de informações, explica o delegado, foi deflagrada uma operação que resultou, nesta segunda-feira, 12, na apreensão de mais de 100 quilos de tabletes de maconha em Goiânia. Na capital goiana, durante a operação, foram presos Eduardo Rodrigues de Matos e Sérgio Nunes Rocha apontados como os distribuidores da droga para o Estado do Pará.
Marabaense, o preso Maurício já tem passagem pela Polícia pelo crime de roubo e já foi foragido do Sistema Penitenciário do Pará. Atualmente, ele está com concessão de alvará de liberdade pela Justiça por ter cumprido parte da pena. O delegado ressaltou o trabalho integrado das forças policiais dos Estados do Pará e Goiás que resultou nas prisões e apreensões de drogas. "Foi uma ação minuciosa, organizada e controlada resultando na apreensão de vasto material entorpecente e prisão de criminosos que, há muito, atuavam nesse mercado ilícito entre os Estados da Federação", destaca o delegado.

Fonte: PC/PA

Itaituba-pa na tarde deste domingo(24),um Motorista de caminhão perde o controle e por pouco não cai de ponte em Itaituba

                    Acidente aconteceu no início da tarde deste domingo (24); Testemunhas dizem que o condut...