terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Aproximadamente 600 casas foram atingidas em incêndio em Manaus, diz Defesa Civil

Residências de madeira e alvenaria foram destruídas no incêndio que durou cerca de 5 horas.

Fogo atinge casas de madeira e de alvenaria na Zona Sul de Manaus — Foto: Rickardo Marques/G1 AM

Aproximadamente 600 casas foram atingidas no incêndio no bairro Educandos, em Manaus, na noite desta segunda-feira (17), informou a Defesa Civil à Rede Amazônica. Até a meia-noite desta terça (18), quatro pessoas haviam sido encaminhadas a hospitais de Manaus. Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo foi controlado por volta de 1h da madrugada, cerca de 5 horas após o início.
Incêndio destruiu mais de 600 casas.

O fogo começou em uma área com dezenas de casas de madeira, entre as ruas Inácio Guimarães e Nova, por volta das 20h, e se propagou para residências de alvenaria. A quantidade de veículos estacionados nas vias, o vento constante e a interrupção na distribuição de energia elétrica agravaram a situação.
Nas ruas, moradores tentam ajudar o Corpo de Bombeiros a controlar as chamas. Centenas de pessoas tentavam salvar objetos e correram para não serem atingidas pelo fogo.
Na madrugada desta terça-feira (18), horas após o início do incêndio, moradores da região atingida ainda contabilizavam as perdas. Pessoas com móveis e eletrodomésticos permaneceram pelas ruas do bairro Educandos à espera de uma oportunidade para voltar às casas – estas, já destruídas. “Agora, acabou tudo”, lamentou um morador.
Moradores tentavam salvar objetos.

“Foi na casa da minha vizinha que começou o fogo. Tinham três crianças e três adultos na minha casa no momento. Na hora que ela [vizinha] gritou ‘socorro’, eu corri para a casa dela para tentar ajudar, para ver se conseguia apagar o fogo. Mas a gente não conseguiu porque o fogo se espalhou muito rápido. A gente não teve condições de apagar”, disse o pedreiro Antônio Pantoja
ABRIGO
Abrimo improvisado montado pela defesa civil.

Na Avenida Leopoldo Peres, uma igreja batista funcionou como abrigo para receber as vítimas do incêndio. No local, eram distribuídas roupas, água e alimentos. Além disso, servidores da Defesa Civil Municipal realizavam o cadastro de moradores, que chegavam a todo momento.
Fonte: G1 Manaus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chuva com ventos fortes impressiona e deixa prejuízos em Itaituba

Portas e janelas de vidro quebradas, destelhamento de casas e brinquedos do parque afetados, foram alguns dos danos deixados pelos vento...